terça-feira, 1 de abril de 2014

Meu filho é um marginal...

                        Meu filho é um marginal!
Me  desculpe ,meus leitores,mas eu não podia de deixar de publicar esse relato de uma mãe desesperada e precisando de ser ouvida.Por favor se você leitor e leitora tiver algum conselho ou opinião para essa mãe ,fique a vontade e deixe seu comentário .
                          Relato:
Eu,nem sei como começar,por favor desculpe minha fraqueza,há 2 anos que eu tento esconder de mim mesma que meu filho é um ladrão,capaz de fazer as mais perigosas ações.No ano passado,ele chegou com o braço ferido dizendo que caiu de bicicleta  brincando com os amigos,essa foi a primeira vez ,que realmente desconfiei de algo mais sério,porém não quis acreditar e acreditei na versão do meu filho.Passou um mês mais ou menos e ele passou a noite fora de casa,nessa noite eu não dormi,passei a noite procurando meu filho pela cidade,quando foi de  5 para 6 horas ele apareceu com cara de cansado alegando ter dormido na casa de um colega que eu não conhecia,Fiquei furiosa,porém não bati,dei conselho,ele prometeu não fazer mais isso.
Olha,meu filho é um menino muito amado na escola,os professores não tem  o que falar dele.Isso me tranqüilizava ,pois achava que se ele é bom na escola então também será bom para tudo.
Recentemente fui visitada por um PM,esse procurava pelo meu filho,eu disse que ele não estava  em casa e o PM pediu para entrar na minha casa,só para verificar algo que ele suspeitava,permiti,mas quase morri de medo,medo de realmente ter algo errado dentro da minha casa que pudesse me incriminar.O policial entrou e verificou o que queria ,estava tudo bem,a não ser um bilhete achado debaixo do travesseiro do meu filho,o bilhete dizia assim:pegue o bagulho as 10 horas da noite,não se esqueça de levar a pistola,porque se o cara der de brabo você apaga ele,viu?Ah! Eu quase me mato de desespero quando p policial me mostrou o bilhete,sim pois até agora eu achava que se meu filho estava metido com alguma coisa era com cigarro e bebidas  e não com assaltos e mortes!Gente ele matava pessoas e roubava para a gangue em que ele fazia parte.Isso não tinha lógica!Ele era um garoto de 17 anos,estudioso,eu sei que lhe faltava a figura paterna,pois seu pai morreu  logo depois que ele nasceu,mas isso não era motivo para ele ser um marginal,eu sempre dei tudo que ele precisava,nunca faltou nada para ele ,é claro que  como classe média não podia dar a ele  o que os filhinhos de papai tem ,mesmo por que nossa realidade é outra.
Faz 15 dias,meu filho chegou em casa a meia noite de carreira,entrou no quarto e começou a arrumar as malas ,perguntei  o porque e ele ficou agitado ,gritou comigo e perguntou cadê a porra do bagulho que estava dentro do guarda roupa eu respondi que não sabia e ele me disse chorando:mãe,se você não me ajudar eu vou morrer!Mãe você precisa me dar as armas e as drogas que estavam no guarda roupa,eles vem buscar agora pois vamos cair fora  que a policia já descobriu tudo,se eu ficar aqui eles vão me matar,eu não tenho saída mãe!
Chorei,chorei muito! Dei a  ele o que queria,abracei meu filho,sim!Meu filho!Aquela criança assustada que eu dei a luz e que pensei conhecer mais que ninguém,eu me enganei!Eu não conhecia meu filho!Trabalhei de mais !Corri para dar uma vida melhor para ele   e tudo que eu precisava fazer era ficar junto a ele !Dando carinho,amor,e proteção.Deixei ele muito tempo só ,pensando em ganhar dinheiro para dar as melhores coisas a ele.E tudo que ele precisava era de uma orientação ,de um caminho,de mim!

Hoje perdi meu filho! Perdi meu filho na para Deus ,perdi meu filho para o mundo do crime ele está preso em uma instituição de recuperação,debilitado clamando pelas drogas cego de ódio,só pensa em se vingar dos compassas que o entregou e nem sequer pensa em mim!Hora nenhuma pensa em ser feliz comigo ,sua mãe.Dói muito,mas eu estou aqui torcendo para   ele se recuperar e voltar para mim,dessa vez eu farei diferente,passarei mais tempo com meu filho!